O que é o Estado Vibracional?

O que é o Estado Vibracional?

O estado vibracional (EV) é a intensificação da passagem das bioenergias pelos chacras e canais do corpo energético, proporcionando profundo bem-estar. Natural ao ser humano, pode ser desenvolvido conscientemente através de técnicas. O EV favorece experiências parapsíquicas, desbloqueios energéticos e assistência interdimensional, sendo uma ferramenta essencial para a evolução e autodomínio energético.

Compartilhe este post

O estado vibracional (EV) é fenômeno que ocorre quando há intensificação do volume e velocidade na passagem das bioenergias pelos vórtices – chacras – e canais – nadis – do corpo energético. Ao atingir este estado, a consciência entra em homeostase experimentando profunda sensação de bem-estar íntimo. Trata-se de fenômeno natural ao ser humano, pois todos o produzem, mesmo que não tenham conhecimento do fato. O EV é caracterizado pela intensificação das energias pessoais por todo o energossoma gerando elevada frequência de vibração uniforme interna.

O estado vibracional foi vivenciado por milhares de consciências durante a história. Há registros em diversas obras, geralmente ligados ao fenômeno da projeção consciente (viagem astral), em autores como: Muldoon & Carrington (1929); Crookall (1960); e Monroe (1977). Enquanto técnica, para o desenvolvimento dos auto estados vibracionais, o Prof. Waldo Vieira propôs o controle do EV, desde a publicação do livro Projeciologia, ocorrida pela primeira vez em 1986, marco histórico para início da pesquisa cientifica sobre experiências fora do corpo. Anos mais tarde, no tratado 700 Experimentos da Conscienciologia, Vieira aperfeiçoa a explicação renomeando o procedimento para “Técnica da instalação de EV”, hoje difundida em cursos de Conscienciologia; oficinas dedicadas ao assunto; livros especializados e em vídeos, estando ao alcance de todos.

A tríade parapsiquismo, autopesquisa e assistência

O estado vibracional possibilita à consciência vivenciar os mais diversos eventos parapsíquicos, por descoincidir seus corpos de manifestação, viabilizando o contato com outras dimensões além da intrafísica. Embora seja estado natural, este fenômeno pode ser produzido através de técnicas e pela vontade decidida do agente promotor, podendo durar segundos ou horas e variando de intensidade de acordo com o nível de desenvolvimento parapsíquico da consciência.

Desta forma, o EV se torna ferramenta fundamental para a consciência motivada a acelerar seu processo de evolução, sendo uma das principais chaves para o desenvolvimento lúcido e autônomo parapsíquico e o auto desassédio, por ser promovedor de descoincidência dos veículos de manifestação; desbloqueios energéticos; desassimilações energéticas; e bloqueios para energias nocivas.

A energia promotora do estado vibracional é conhecida pela denominação de kundalini, nascendo do sexochacra, chacra básico, subindo e ativando os demais chacras. Desta forma, bloqueios e descompensações nos chacras podem ser inibidores da promoção do estado vibracional. Por outro lado, o esforço para chegar ao EV pode auxiliar a promover o desbloqueio destes pontos e alavancar o desenvolvimento pessoal, energético e psicossomático, da consciência interessada. Com o desenvolvimento e autodomínio deste estado, é possível realizar mapeamento das sinaléticas energéticas parapsíquicas, ferramenta fundamental para entender e responder convenientemente à realidade multidimensional no dia a dia.

Outra utilidade da promoção do EV é na interassistência, pois este estado pode ser expandido e alcançar outras consciências promovendo bem-estar, afastamento e encaminhamento de companhias extrafísicas patológicas e hetero encapsulamentos. Os ambientes também são afetados pelo autodesenvolvimento do EV através do aumento considerável da força presencial da consciência, ou seja, a capacidade de influenciar positivamente os ambientes através das próprias bioenergias homeostáticas. 

Para dominar este estado, aconselha-se realizar a técnica da mobilização básica das energias ao menos 20 vezes ao dia, nas mais diversas situações, com vontade decidida. De maneira análoga aos exercícios físicos, a prática diária, insistente, decidida e organizada da mobilização das bioenergias conscienciais predispõe a consciência ao domínio energético pessoal. 

Esse texto foi escrito por Maysa Torres, voluntária da ASSIPI

Referências:

Estado Vibracional – Vivência e autoqualificação – Victor Strate Bolfe

Competências parapsíquicas – Técnicas para o desenvolvimento do parapsiquismo interassistencial – Almir Justi, Amin Lascani, Dayane Rossa

Assine nossa newsletter

Receba atualizações e aprenda mais sobre parapsiquismo

Explore mais

Parapsiquismo

O que é Psicofonia?

A psicofonia é o fenômeno onde uma consciência se comunica através do corpo de outra, utilizando sua voz. Pode ocorrer de três formas: psicofonia projetiva humana, psicofonia projetiva extrafísica e autopsicofonia. Utilizada em sessões espíritas, a psicofonia pode ser homeostática ou patológica, e está relacionada a outros fenômenos parapsíquicos como exteriorização de energias e acoplamento áurico.

Parapsiquismo

O que é Exteriorização de Energias?

A exteriorização de energias é o ato de projetar energias conscienciais para fora do corpo, conscientemente ou não, e pode ser usada para cura, proteção e assistência. Este fenômeno, neutro em si, varia conforme a intenção e habilidade do praticante. Técnicas como tenepes e arco-voltaico craniochacral são aplicadas para otimizar esses benefícios.

0
    Carrinho
    Seu carrinho está vazioIr para a loja
    Rolar para cima