O que é Heteroscopia Projetiva?

O que é Heteroscopia Projetiva?

A heteroscopia projetiva é a capacidade de ver o interior de corpos de outros seres, incluindo órgãos e sistemas. Esse fenômeno, detalhado por Waldo Vieira em "Projeciologia", é útil para diagnósticos precisos e instantâneos sem exame físico. Envolvendo o corpo energético e o corpo emocional, a heteroscopia oferece grandes benefícios na área médica e assistencial.

Compartilhe este post

A heteroscopia projetiva é o fenômeno pelo qual a consciência projetada é capaz de ver o interior do corpo, órgãos e fenômenos da vida vegetativa de outras pessoas ou animais, podendo ser parcial ou segmentada, ou total, completa. Este fenômeno está incluído entre os 54 fenômenos projetivos, descritos pelo professor Waldo Vieira, no tratado Projeciologia e pode ser chamado também de: heterognosia; heteropsia; metagnomia heteroscópica; metassomoscopia; vidência intervivos; visão de raios X de outrem; visão heteroscópica e xenoscopia.

A heteroscopia projetiva faz parte dos fenômenos projetivos ambivalentes, os quais possuem reflexos importantes fora da consciência ou do seu microuniverso consciencial, sendo excelente recurso de diagnóstico, especialmente na clarividência viajora. Está intimamente relacionada ao fenômeno de projeção e tem predominantemente a atuação de dois veículos de manifestação, o holochacra – denominado corpo energético – e o psicossoma – denominado corpo das emoções.

A tríade parapsiquismo, autopesquisa e assistência.

O diagnóstico passível de ser realizado através da heteroscopia, denominado paradiagnóstico, pode dirimir dúvidas em caso de avaliação médica; afastar conclusões falhas; suprimir divergências ou erros de diagnósticos e prognósticos; evitar cirurgias exploradoras e operações cirúrgicas desnecessárias ou equivocadas. O paradiagnóstico apresenta 4 vantagens: o sigilo; a dispensa do exame físico, por vezes doloroso e desconfortável; a instantaneidade; e a economia de tempo, recursos e energias. O fenômeno mais comum é a capacidade da consciência ver o órgão, os órgãos ou a área limitada do corpo afetada por algum distúrbio.

A Enciclopédia da Conscienciologia, traz alguns verbetes com temáticas interassistenciais envolvendo a heteroscopia. A exemplo tem-se: “Assistência ao Neonato Prematuro”, que aborda as projeções assistidas e heteroscopia no leito dos neonatos; “Checkup Holossomático”, focalizando a técnica de maneira cosmoética para o hetero checkup holossomático, identificando possível patologia corporal; “Energia Lenitiva”, trazendo o binômio autoscopia-heteroscopia, anterior à exteriorização de energia lenitiva a favor de consciências enfermas e “Paraclínica”, com a heteroscopia permitindo o estudo de estruturas anatômicas em detalhes, de maneira vívida, sem similaridade com qualquer recurso intrafísico.

Relativamente à autopesquisa o primeiro fator de investigação é conhecer o motivo desses fenômenos acontecerem de forma patrocinada pelo amparador com a consciência. Além deste, outros questionamentos importantes para a autopesquisa são: se as pessoas que experimentam o fenômeno precisam ter conhecimento, nesta ou em vida anterior, na área médica/biológica; se há necessidade de projeção ou se o fenômeno pode se dar durante a vigília física; se a consciência pode ter controle sobre o momento do fenômeno e, por fim, como a ela pode se qualificar para ser mais assistente utilizando o fenômeno ao modo de ferramenta. 

Ainda em relação à autopesquisa, é importante ressaltar o valor da comprovação do fenômeno sempre que possível, seja pela certeza íntima e/ou pela troca de experiência com o grupo envolvido, com a finalidade de gerar autoconfiança no parapsiquismo. Dessa forma, utilizando-se o princípio da descrença, surge a autocomprovação da multidimensionalidade, das bioenergias e do holochacra, pilares do paradigma consciencial. O estudo do próprio fenômeno, assim como da projeção lúcida, são elementos fundamentais da autopesquisa, da mesma forma que o registro escrito, ratificando a experiência.

Esse texto foi escrito por Leila Gatti, voluntária da ASSIPI.

Referências 

Enciclopédia da Conscienciologia; digital; revisores Equipe de Revisores da ENCYCLOSSAPIENS; 27 Vols.; CLXXIV+23.004 p.; 4.580 termos (verbetes); 9ª Ed. Digital; rev. e aum.; Associação Internacional de Enciclopediologia Conscienciológica (ENCYCLOSSAPIENS) & Associação Internacional Editares; Foz do Iguaçu, PR; 2018. 

https://blogs.oglobo.globo.com/pagenotfound/post/conheca-menina-com-visao-de-raio-107281.html

https://www.luzespirita.org.br/index.php?lisPage=enciclopedia&item=Andrew%20Jackson%20Davis

VIEIRA, W. Projeciologia. Panorama das experiências da consciência fora do corpo humano. 10ª ed. Foz do Iguaçu: Associação internacional Editares, 2008. 1.254 p.

Assine nossa newsletter

Receba atualizações e aprenda mais sobre parapsiquismo

Explore mais

Parapsiquismo

O que é Psicofonia?

A psicofonia é o fenômeno onde uma consciência se comunica através do corpo de outra, utilizando sua voz. Pode ocorrer de três formas: psicofonia projetiva humana, psicofonia projetiva extrafísica e autopsicofonia. Utilizada em sessões espíritas, a psicofonia pode ser homeostática ou patológica, e está relacionada a outros fenômenos parapsíquicos como exteriorização de energias e acoplamento áurico.

Parapsiquismo

O que é Exteriorização de Energias?

A exteriorização de energias é o ato de projetar energias conscienciais para fora do corpo, conscientemente ou não, e pode ser usada para cura, proteção e assistência. Este fenômeno, neutro em si, varia conforme a intenção e habilidade do praticante. Técnicas como tenepes e arco-voltaico craniochacral são aplicadas para otimizar esses benefícios.

0
    Carrinho
    Seu carrinho está vazioIr para a loja
    Rolar para cima