O que é Clarividência?

O que é Clarividência?

Clarividência é a capacidade de ver além do físico, acessando eventos de diferentes tempos e dimensões. Pode ser espontânea ou induzida, e desenvolvida através de técnicas energéticas e estudo. Essa habilidade amplia o autoconhecimento, melhora a assistência a outros e revela a realidade multidimensional.

Compartilhe este post

Compartilhe:

A clarividência (Latim: clarus, claro; videre, ver) consiste na percepção visual de fatos, objetos, consciências, ambientes e situações que não seriam perceptíveis aos olhos humanos. O conteúdo obtido por intermédio da clarividência independe de tempo, espaço ou dimensão, podendo o clarividente acessar fatos no presente, do passado e do futuro alocados nesta ou em qualquer outra dimensão.

Este evento é conhecido também com a denominação de: criptestesia; deuteroscopia; dupla vista extrafísica; paravisão; terceira visão; vidência; visão dupla; visão extrafísica; visão remota, e é relatado e desenvolvido desde a antiguidade por diversas linhas parapsíquicas habitualmente ligadas a religiões e seitas. Ele também foi e continua sendo estudado por diferentes escolas de conhecimento com seus distintos paradigmas, que podem ter enfoques dogmáticos – a exemplo do espiritismo – ou científicos – a exemplo da Metapsíquica, Parapsicologia e Conscienciologia.

A clarividência não ocorre por atuação do corpo físico, sendo possível devido à descoincidência dos veículos de manifestação da consciência ou projeção de energias do vórtice energético localizado na parte frontal da face, entre as sobrancelhas (frontochacra, chacra frontal ou terceiro olho). Dessa forma, o fenômeno não tem relação direta com o sistema ocular do corpo humano. A prova disso é a clarividência maximizada através da cessação do estímulo ocular, muitas vezes é facilitada pela penumbra ou pelo fechamento dos olhos, havendo relatos de pessoas com deficiência visual que enxergam perfeitamente nas dimensões extrafísicas.

Os possíveis agentes indutores da clarividência, são:

  1. Clarividência espontânea: acontece independente da vontade do sensitivo.
  2. Clarividência heteroinduzida: ocorre devido a estímulo de outra consciência (intra ou extrafísica) na qualidade de amparador, guia-cego ou assediador.
  3. Clarividência autoinduzida: produzida pela vontade decidida, intencionalidade e determinação pessoal.

Pode-se estimular a clarividência através da vontade própria e para isso existem técnicas para este desenvolvimento ao modo de: exercícios de exteriorização de energias promovedores de desbloqueios energéticos; descoincidência dos veículos; presença em balneários bioenergéticos e pelo próprio estudo do tema (saturação mental). Vale comentar que há possíveis inibidores deste fenômenos, dentre eles: o medo de ver consciência extrafísica; o medo de ver além; bloqueios energéticos; acidentes e traumas na região da testa; ansiedade; bloqueios energéticos encefálicos; emocionalismo exacerbado; expectativas exageradas; movimentação física durante o fenômeno e a ignorância quanto ao tema.

A tríade parapsiquismo, autopesquisa e assistência

A clarividência pode ser classificada em diversos tipos, de maneira didática, para fins de estudos e melhor compreensão de sua relação com outros parafenômenos. Alguns exemplos:

  1. Autoscopia. Visão da parte interna do corpo da consciência sensitiva que vivencia o fenômeno.
  2. Clarividência energética. Visão de nevoeiros, luzes, “biombos energéticos” ou outras manifestações da dimensão energética.
  3. Clarividência extrafísica. Visão de imagens pela consciência projetada.
  4. Clarividência facial. Visão de auras, transfigurações, consciências extrafísicas, ou formas sobrepostas à face de outra pessoa
  5. Clarividência hipnopômpica. Visões extrafísicas quando ocorridas durante a recoincidência dos corpos antes da consciência acordar plenamente do sono natural.
  6. Clarividência hipnagógica. Visões extrafísicas quando ocorridas entre o estado de vigília física ordinária (acordado) e o início do sono natural.
  7. Clarividência précognitiva. Captação de informações visuais correspondentes a situações que ainda não ocorreram no intrafísico.
  8. Clarividência retrocognitiva. Captação de informações visuais de situações que ocorreram em tempos pretéritos.
  9. Clarividência viajora. Visualização de cenas ocorridas nesta dimensão, de situações que estão ocorrendo no momento presente, mas em outro local.
  10. Heteroscopia. Visão captada pelo sensitivo de partes internas do corpo de outra consciência.
  11. Omniclarividência. Capacidade de ver o todo, cosmovisão ou capacidade de ver o passado e o futuro.

O desenvolvimento desta capacidade pode ser de extrema importância enquanto instrumento para a consciência com intenção de buscar o autoconhecimento e a qualificação da interassistencialidade. Com esta habilidade desenvolvida, a consciência se torna capaz de “ver além” e com “clareza” a realidade multidimensional da vida humana a exemplo de companhias extrafísicas, características de auras e de locais, entre outras possibilidades. Estas manifestações explicitam a verdade por vezes oculta pela incapacidade de ver além desta dimensão.

A clarividência é potencialidade possível de ser desenvolvida por qualquer consciência interessada e pode ser aplicada para melhorar o desempenho pessoal, aumentar o esclarecimento e o poder de decisão da própria vida quanto às situações e dificuldades cotidianas. Outras vantagens citadas são: aceleração no saldo de dívidas cármicas; clareza quanto a programação de vida – proéxis – e maior abrangência no autodesenvolvimento rumo à desperticidade.

Referências

Verbete: Clarividência

Artigos: O fenômeno da clarividência no laboratório Acoplamentarium: um estudo de campo; Correlações entre casos de clarividência

Livros: Competências parapsíquicas – técnicas para o desenvolvimento do parapsiquismo interassistencial – Capítulo 25. Competência parapsíquica clarividência; Projeciologia.

Esse texto foi escrito por Maysa Torres, voluntária da ASSIPI

Assine nossa newsletter

Receba atualizações e aprenda mais sobre parapsiquismo

Explore mais

Parapsiquismo

O que é Psicofonia?

A psicofonia é o fenômeno onde uma consciência se comunica através do corpo de outra, utilizando sua voz. Pode ocorrer de três formas: psicofonia projetiva humana, psicofonia projetiva extrafísica e autopsicofonia. Utilizada em sessões espíritas, a psicofonia pode ser homeostática ou patológica, e está relacionada a outros fenômenos parapsíquicos como exteriorização de energias e acoplamento áurico.

Parapsiquismo

O que é Exteriorização de Energias?

A exteriorização de energias é o ato de projetar energias conscienciais para fora do corpo, conscientemente ou não, e pode ser usada para cura, proteção e assistência. Este fenômeno, neutro em si, varia conforme a intenção e habilidade do praticante. Técnicas como tenepes e arco-voltaico craniochacral são aplicadas para otimizar esses benefícios.

0
    Carrinho
    Seu carrinho está vazioIr para a loja
    Rolar para cima